Novinha Vaza No Whatsapp Se Masturbando Com Buceta Apertadinha

Novinha Vaza No Whatsapp Se Masturbando Com Buceta Apertadinha

Novinha Vaza No Whatsapp Se Masturbando Com Buceta Apertadinha

Enviado: 30 de dezembro de 2002 12:06Ola pessoal, vou compartilhar com você uns fato ocorrido na minha vida, eu sou casado, me casei muio novo, tive que trabalhar a muito, minha esposa também bem novinha, ainda virgem, eu fui seu único namorado, ela de uma família muito tradicional, religiosa, muito pacata, mas foi se soltando e na vida sexual a gente de da muito bem, mesmo porque ela nunca teve nenhum contato com outro homem a não ser eu, mais mesmo assim fazemos der tudo anal, vaginal, oral, já estamos bem desenvolvidos, ela estudava, se formou professora, uma mulher linda, 1.

Segura pelos dois, quase desmaiou quando o outro safado, se um só golpe empurrou todo o caralho em sua buceta. Foi tirando a calça e de calcinha mesmo sentou no meu colo, nem precisei fazer força entrou tudo de uma so vez, uma bucetinha molhada, quente, apertadinha e sedente por vara. Esse é meu primeiro conto, espero que gostem!!""Então ele veio e começou a me chupar…ahhh…eu adoro isso!E já comecei a gozar, foi intenso…e vou confessar que já havia até esquecido do meu marido ali de pé, fotografando e se masturbando feito louco…mas foi bom, porque me soltei e fui até o fundo no prazer que toda essa situação me proporcionava…e ele agora também estava realizado, sua esposinha fazia dele um verdadeiro corno!"Deitei ao seu lado exausto e estarrecido com a situação; e ela comentou…"– Posso ir contigo? Iria no futebol, mas prefiro um banho de rio nesse calor.

) Então foi aquele sentimento momentâneo sabe?Ele me pediu o meu número espontâneamente e eu passei, fui para minha casa, quando vejo uma mensagem nova no whatsapp, era o Felipe acho que não teve melhor hora para me mandar mensagem, eu estava assistindo filme de terror (sou apaixonada por esse gênero) e no meio do filme me veio ele no pensamento, disse para ele que adoraria que ele viesse na minha casa, e como ele não morava tao longe, era há umas duas quadras da minha e ele respondeu:– Claro, me passe seu endereço.