O Amante E A Gostosa Com Corno Vendo Tudo

visualizações

61 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , ,

O Amante E A Gostosa Com Corno Vendo Tudo

O Amante E A Gostosa Com Corno Vendo Tudo

gemer eu com o rosto todo molhado do gozo dela , virei ela de lado , o cuzinho dela estava molhadinho com o gozo dela que escorria , tirei a cueca e coloquei a cabeça da pica nele ,ela deu um grito meio que gemido , nele não eu nunca dei ele para ninguém , eu queria tanto aquele cuzinho dela que quanto mais ela tentava tirar mais eu metia , quanto ela notou já estava tudo dentro , comecei a fazer o movimento de tira e bota até atochar tudo nele e ela gemendo de tesão e me chamando de safado , ficamos assim uns 10 minutos até que não aguentei e gozei muuuuuito , depois disso já metemos várias vezes ,e metemos até hoje , só consegui comer a buceta depois da 4 vez , e todas as vezes que transamos sempre ela me pede para botar no cuzinho delicioso dela e eu como um cunhado satisfaço o seu desejo , e ela me retribui com uma mamada que me deixa louco até gozar na garganta dela viramos amantes casual …. O velho é tarado, mas por cu minha tia dá um corno medonho nele, com meu pai seu irmão, com Luiz da birosca, um negão de dar medo, com o Padre, Fernando quando ela soube que Bené come ele ela fez Fernando Lasca-la sem Fernando gostar de mulher, Raimundo, que é afilhado dela, ela comeu, 4 peões que trabalham na fazenda que meu pai é capataz, ela botou os quatro pra correr, e por ultimo o proprio filho Bené, que ela engoliu a pica sem ao menos piscar em todos os buracos possíveis e imagináveis, e por fim Laura sua comadre que ela chupa cu boceta deixa toda chupada morde a bunda toda marca Laura todinha. As entregas acabaram e voltei para ajudar na limpeza, Cintia estava ajudando a cozinheira nos afazeres da cozinha e o restante ajudava no salão, Dona Nair fechava o caixa, eu fui arrumar os pratos, mas quando passava perto de Cintia ela ainda me provocava, com toquinhos leves e passadinha de mão, quando a cozinheira saiu por um instante da cozinha, eu agarrei Cintia por trás e enfiei a mão em sua buceta, tudo muito rápido, Cintia ficou vermelha e me olhava com raiva e tesão, eu ria e o serviço nunca pareceu tão prazeroso, quando tinha um oportunidade eu a beijava, passava a mão, e apalpava sua bunda gostosa, até apertava seus seios, bom foi ela mesmo que começou a brincadeira, e aquele ar de perigo nos excitava mais ainda. Retruquei: ” e daí se um deles ver ” ?Tentei chupar mais um pouquinho mas ele não deixou, e já com bastante alcool no sangue, soltei uma pergunta indiscreta:“amor, você comeria a Maria Claudia “?ele assustado e até meio bravo respondeu que claro que não, jamais! (mas no fundo eu sabia que ele tem um desejo por ela, já peguei olhares discretos)( e mesmo porque a maioria dos homens ficam secando ela, se parece com a da foto)Notei que o pal dele bateu continência nessa hora, então sentei no colo dele, de roupa mesmo, e comecei a punheta-lo, e o fiz imaginar uma situação, onde se acontece uma tragédia de avião ou navio, e todos morressem só sobrevivendo ele e a Maria Claudia, e eles achassem uma ilha no meio do oceano, e ficassem vivendo por lá durante meses, só os dois, se nessa situação ele a comeria.