Porno caseiro delicioso esposa novinha manda video para animar nosso grupo no whatsapp por chefe do parÁ

494 visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , ,

494 visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , ,

Porno caseiro delicioso esposa novinha manda video para animar nosso grupo no whatsapp por chefe do parÁ

Porno caseiro delicioso esposa novinha manda video para animar nosso grupo no whatsapp por chefe do parÁ

Fiquei meio assustada com a situação, afinal era um desconhecido, mas ao mesmo tempo era uma oportunidade de animar um pouco minha vida, então decidi manter o clima e perguntei o que ele sugeria.

"como relatei aqui pra vocês no primeiro conto, eu fodi minha chefe;-Depois de um banho maravilhoso conversamos um pouco e ela me elogiava muito dizia que jamais acha que eu iria faze ela se achar mulher de novo, eu também a elogiei bastante e fiz algumas caricias nela que logo despertou meu pau deixando ele durinho, ela falou que queria da pra mim mais uma vez eu apena a deitei na cama e já comei a chupa-la que delicia aquela buceta bem raspadinha pequenininha,lábia, enfiava um dedo depois enfiei dois ela gemia feita uma louca, depois diz um 6X9 ela mamando meu cacete e eu aproveitei pra dar umas dedadinha naquele cuzinho, ela não reclamou e eu pensei agora vou concretizar meu sonho vou comer esse cuzinho que parece que nunca foi fudido, mais uma vez a coloquei de quatro e comecei a bobar naquela buceta, dessa vez eu a xingava de vadia gostosa, putinha, safada, depois de muito xingamento e tapas naquele rabo, eu com o pau dentro dela fui no ouvido dela e falei sabe o que eu quero agora chefinha?-ela falou pede meu safado, hoje eu sou sua seu filha da puta, o que você, fala?-eu falei eu quero foder seu cuzinho quero ele pra mim!-ele falou come seu cachorro, eu adoro da ele, aquele corno do meu marido não gosta de foder ele…– eu sem pestanejar dei uma cuspida na entrada do cuzinho dela, e continuei metendo o pau na buceta dela, ela rebolava muito e gritava fode tarado, come sua chefinha come, eu sei que você sempre quis me comer, sua cara não nega, eu falei sempre mesmo, e dai tirei o pau da buceta dela e coloquei na entrada do cuzinho dela, ela se ajeitou melhor e foi se curvando pra traz, ela mesma fez questão de deixa o pau entrar devagar nela, e me perguntado se eu estava gostando eu apenas gemia e fala safada, cachorra, quando entrou tudo eu comecei a bombar forte, ela falou vai seu safado filha da puta eu vou goza vai, mete, come, vai, arregaça tudo, sentir ele tremer, foi quando ela falou gozei… dei mais uns tapas naquela bunda e socava forte já não aguentava mais e queria gozar dai não aquentei e acelerei as estocada quando apertei aquela bunda bem forte e explodi todo gozo dentro daquele cuzinho…foi maravilhoso comer minha chefe, não estou na mesma sessão que ela mas direto saímos pra almoça e dar umas trepada, já tem 4 meses que como ela e ela sempre maravilhosa, disse pra mim que ate o casamento dela melhorou depois que começamos a sair r o que mais admiro nela é que ela é do tipo de mulher que é uma dama na sociedade e uma verdadeira puta na cama!!!"Ela parou de exitar e voltou a ficar de 4 abrindo a bunda -Entao coloquei a rola novamente no seu cu e começei a ir e vir naquele cu novamente"Eu: vai devagar…Daniel: ok, só dessa vez"Marcela, Marlene e Marta, trancadas no seu cativeiro, presas com correntes à cama, há cinco dias, sem sofrerem novas agressões, davam graças ao Senhor, mas por outro lado, estavam sem se alimentar todo este tempo.

– Moço, moço… o que você está fazendo?– Não gosta?– Gosto, gosto muito, mas fico pensando em sua esposa…– Não pense nela, pense em mim, em nós, aqui, nesta cama…Ela não disse mais nada, apenas deixou que ele fizesse o que queria, porque ela também queria!E ele logo deitou-se por cima dela, cobrindo-a de beijos a que ela correspondia ardorosamente. Em casa ninguém desconfiou, provas de vestibular são demoradas e não falaram nada, a noite com a conciência pesada dei um trato caprichado na patroa,não queria deixar rastros…Os próximos tres dias foram muito especiais para mim, me achando muito gostoso pensava afinal o que tinha feito para merecer uma novinha assim, uma coisinha tão gostosa.

A conversa rumou para internet e seus atributos: notícias, músicas, vídeos. Minha boca estava insaciável, então aumentei a pressão das lambidas e chupadas no clitóris e enfiava meus dedos com força naquela xoxota molhada!Amanda não aguentando mais, deu um grito e gozou…com força, bem gostoso!Tive um orgasmo ao sentir o gosto daquela gozada! Tirei os dedos de dentro de Amanda e os chupei e dei um beijo bem demorado naquela boca gostosa!Amanda nunca tinha experimentado nada igual e com certeza iria querer repetir aquela trepada outras vezes…""Vou me apresentar, sou morena, baixinha aproximadamente 1,60, magra, seios fartos e um bumbum pra ninguem botar defeito.

Resumindo nossa noite foi diferente, muito excitante, observamos muito, transamos só nos dois em algumas cabines, como esperado não rolou nada com os outros frequentadores do local, ficou a experiência, a noite deliciosa e a vontade de curtirmos muito um ao outro, pois ainda chegamos em casa, cansados, porém com muito tesão e excitação, pois ficamos nos curtindo e nos provocando por whatsapp até mais de 4:30 da manhã.

Eu fui para a casa de minha avó numa Sexta-feira a noite, ela estava com visita, eram duas mulheres que faziam parte do grupo de oração que ela freqüentava. Sou casada a uns 10 anos, e de um tempo para cá meu casamento foi ficando sem graça acho que caiu na rotina, meu marido foi meu primeiro homem, e com o tempo começamos a nos desentender bastante, principalmente na hora do sexo, pois ele começou a assistir filmes pornô comigo, só que sempre era de vários homens comendo uma só mulher, depois começou a fantasiar nos dois e mais um ou dois homens me comendo junto com ele e acabou que eu me sentia mal com aquilo, pensava um monte de besteira, até que um dia brigamos feio e ele saiu de casa disse que iria passar uns dias no outro apartamento que tínhamos para esfriar a cabeça.

Precisava se controlar, claro, para não despertar ciúmes na Amanda.

Chegando em um dos box ele abre a porta e pede pra eu entrar com um gesto eu obedeço, estava em transe, ainda sem graça de cabeça baixa encosto na parede, ele fechou a porta e levantou meu rosto e me beija eu não sabia o que fazer só fechei os olhos e prendi a respiração – calma não vou morder – me beijou outra vez em suave passando a língua nos meus lábios, abri a boca e recebi seu beijo e logo já estava retribuindo, ele foi se aproximando e encostando em mim quando lindo suas mãos não minha sentia me erguendo, eu era baixinha magra de cintura fina morena clara e cabelos cacheados, ainda estava reformando por isso meus seios ainda estavam despontando eu era uma menina e ele um adolescente era alto fiquei de ponta de pé até que nosso corpos se encaixaram tendi algo diferente era seu pau pressionando minha chaninha apesar de estar de causa conseguia sentir bem, fiquei tão excitada como quando via os filmes do meu pai que quando percebi estava com meus braços e seu pescoço e me esfregando nele. Era a mulher do caseiro do sítio de meus cunhados, cabelos negros, corpo bem formado. Eu senti aquele aroma delicioso, a calcinha parecia umedecida.