Prima Magrinha Dando O Cuzinho Para Seu Primo Dotadão

Prima Magrinha Dando O Cuzinho Para Seu Primo Dotadão

Prima Magrinha Dando O Cuzinho Para Seu Primo Dotadão

Eu apenas achava que era isso, pois eu o tinha visto pelado e vi que ele era dotadão. Festa de Fim de ano, sabe com é, Família toda reunida, pessoal bebendo e com isso os desejos e a atração sexual de todos ficam mais a solta, principalmente aqueles desejos insanos!Tenho 35 Anos, de boa com a vida, confesso que quando quero sou safado e adoro provocar, ate porque o volume ajuda, (só provocação, porque se não souber como usar é logico que de nada adianta, kkkk), mais indo ao que interesse, entre o pessoal que veio chegou o primo mais novo (19) recém casado com uma morena baixinha da mesma idade. Ela é moreninha, cabelo liso, bunda definida e peitos grandes, magrinha gostosa. Logo min deu uma ideia vou ficar falando que quero que ela faça um boquete pra minEu Adalgisa tu quem fazer uma coisa pra minCom a carinha de safada ela disse o que e abiesonAdalgisa faz um boquete pra minEla onde vamos fazer logo tinha uma casa abandonada numa rua na nossa frete da gente eu vamos La que eu vou te mostra o presentinho que tenho pra você prima. ”, Amanda ia comandando, ao mesmo tempo que ia tocando sua boceta. Ele pediu para eu tirar a roupa, agora estavamos os dois nus, ele começou acariciar meu pau e minha bunda, me pos de lado e passava a mão por traz que ia do meu pau até meu cú, até que ele enfiou o dedo e começou a brincar com meu rabo me dando muito tesão, seu mastro já crescera em minha mão, me pediu para ajoelhar-me no chão apoiado na cama, veio por traz e enterrou sua lingua no meu cú me levando ao delirio, nunca havia sido chupado assim, brincou por uns 5 minutos e apontou a cabeça de seu pau na entrada de meu cuzinho lambuzado com seu cuspe e forçou a entrada, passou a cabeça com uma leve dor mas muito tesão, e foi enfiando todo o resto que eu ajudava entrar rebolando, entrou tudo, sentia seu pau todo dentro de mim e seus pentelhos roçando minha bunda, começou a bombar bem gostoso, hora devagar, hora com vigor, me chamava de sua putinha e me fez gemer como uma cadela no cio, meu pau pingava de tesão, passou o braço pelo meu corpo para dar mais apoio enquanto socava, e eu lhe puxava pelas pernas contra mim.