Putinha de sete de abri na siririca

5386 visualizações

28 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

5386 visualizações

28 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Putinha de sete de abri na siririca

Putinha de sete de abri na siririca

-Vou confessar, quando vi vc se punhetando pra mim, não resisti e depois q vc saiu eu bati uma siririca. Depois disso relaxamos um pouco e voltamos a putaria com o casal dando uma chupada pra deixar minha pica dura de novo, e quando o meu pau estava bem duro eu coloquei ela deitadinha com um travesseiro embaixo do quadril e ela logo percebeu minha intenção e foi deixando a bundinha empinadinha, eu então fui beijando o corpo e descendo em direção ao anelzinho, então dei uma bela lambida, passando a ponta da língua em volta do anelzinho do cuzinho dela e preparando ele pra me receber bem gostoso dentro dele, enquanto isso ele beijava ela e acariciava deixando ela bem relaxada, eu epdi a ele que preparasse o cuzinho dela pra mim e ele pegou o KYgel e foi lubrificando o cuzinho e preparando enfiando um dedinho pra que ele estivesse relaxado pra mim, eu coloquei a camisinha e ele lubrificou meu pau também e aí foi abrir a bundinha dela pra assistir de perto a cabeça da minha pica deslizando pela bunda dela e se encaixando bem no anelzinho delicioso do cu da esposa dele, eu deixei a cabeça da pica se encaixar e comecei a forçar devagar fazendo o anelzinho do cu ir abrindo devagar e deixando a cabeça da minha pica penetrar aquele cu delicioso, ele abria a bundinha e olhava a cabeça da pica entrando gostoso, passando pelo anelzinho do cu dela e penetrando, então ele não aguentou e começou a bater uma punheta vendo a pica agora naquele vai e vem delicioso no cuzinho dela, então coloquei ela de ladinho e ele aproveitou pra chupar a bucetinha dela enquanto eu metia deliciosamente no cuzinho, como eu havia gozado uma vez já esta segunda demorou mais um pouco e deu pra curtir bem e esperar que ela gozasse bastante e ele também pra então eu gozar de novo dentro do cuzinho apertadinho. Na manhã seguinte estava com o corpo todo doido do trabalho e sai sem que ele soubesse, fui até a padaria tomar um café e quando retornei ele estava no portão tomando o seu café, dei bom dia e lelé me respondeu sem falar mais nada, achei estranho, mas depois do almoço ele veio até o meu jardim e perguntou se eu estava chateado ou magoado com ele, disse que não, que só achei estranho como ele ficou depois de gozar, ele então falou que eu poderia ficar triste pois ele gozou rápido, falei que não e se ele quisesse eu poderia dar novamente até ele conseguir comer meu rabo por completo, deu um sorriso e falou que eu era uma putinha gostosa e que meu rabo era uma delícia. A empresa iria pagar a hospedagem e o transporte. Quando sai do banheiro vi que ele estava com a respiração ofegante foi quando me aproximei dele e pedi para passar creme nas minhas costas afinal tinha tomado sol. Eu me joguei no meio deles, adorando estar ali, no meio de tantos machos. Ele pareceu se descontrolar quando viu minha xeca completamente depilada, pequena e fechadinha e meteu a língua, áspera e grossa, no meu grelo. As vezes, ele pedia para eles meterem com mais força, só para me fazer ‘sofrer’ e gozar muito….

E depois disso sabem o que aconteceu a noite toda. Sempre com descrição, pois afinal não queria que descobrissem meu desejo secreto de ver as picas dos outros jovens. Já perdi a conta de quantas vezes rolou,depois, aqui em casa.

Ela falou que poderia ser no domingo a tarde.