Putinha novinha na siririca se esfregando gostoso

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Putinha novinha na siririca se esfregando gostoso

Putinha novinha na siririca se esfregando gostoso

-posso te ensinar mais quando quiser"ela – tábom , faz assim 5 h voce ja sai e vem pra ca"Olá, me chamo Juuh tenho 14 anos sou do tipo putinha, sou virgem mas adoro porno e me masturbar, vou contar como me satisfaço cm meu cachorro, o freed, moro eu meus pais e 2 irmãos. ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs …. Eu não queria sair de cima dela, a bucetinha dela estava tão apertadinha e quentinha…eu estava louco de prazer, meu pau latejava e liberava muita secreção !! Tirei o pau de dentro dela fiquei em pé, e amarrei a cabeça dela nas minhas coxas para ela lamber as minhas secreções,dei uma olhada na sua bucetinha e vi que estava bastante vermelha; os lábios da bucetinha da minha cadela estavam para fora e um a vermelhão que parecia uma flor desabrochando e me excitou mais! Fui a geladeira peguei um pouco de leite numa tigela e um pouco de atum, lavei as tetas grande dela com leite, e melei meu pau,saco e coxas com atum, deitei no chão por baixo dela e coloquei ela pra lamber o atum enquanto eu mamava em suas tetas e chupava sua buceta gostosa , mijei dentro do leite e mexi bem com o pau e dei pra ela beber, depois comecei outra sessão de rolada nela, lubrifiquei mais, e meti vara nela, fiquei 4 minutos num vai-e- vem muito gostoso!!Ao ouvir o barulho do meus testículos gigantescos batendo em suas tetas, me dava vontade de esporrar dentro dela, mais eu parava um pouco,não tinha situação melhor do que aquela,estava aproveitando o máximo que pude, com meu pau todo dentro da minha cadelinha, eu gemia feito um cavalo no cio!!!Aquela bucetinha que antes era tão pequena, cresceu o dobro, pois o meu malvado cassete havia feito um estrago muito grande nela!Eu segurei a boca da cadela aberta com muito cuidado para não soltar as mandíbulas e mijei dentro da boca dela, e ela foi engolindo aos poucos. ""Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo. Quando o filme estava acabando eu levantei do sofá, com o pau visivelmente estufado no short e disse que agora era minha vez de escolher o filme, eu coloquei um filme de ménage e começamos a assistir novamente, Patrícia soltou a mão de minha esposa e se reclinou no sofá, ficando meio que de frente pra nós, ela ficou com os joelhos dobrados e as pernas abertas e dava pra ver sua calcinha branca por baixo do baby doll que ela usava, o filme que eu coloquei não tinha muita cena de história e já começou com um cara e duas mulheres se pegando e tirando a roupa, minha esposa logo pos a mão na perna de Patrícia e pôs a outra mão em minha coxa, e com o dedo mindinho ela começou a alisar meu pau por cima da bermuda, eu não agüentei mais e coloquei a mão dela dentro de minha bermuda e ela apertou meu pau com força, mas não dava pra fazer movimentos dentro da bermuda, eu então resolvi tirar a bermuda e fiquei só de cueca, tirei meu pau pra fora da cueca e segurando a mão dela comecei a me masturbar, minha esposa então começou a me masturbar e a olhar o filme, sem olhar pra Patrícia, eu olhei pra ela e vi que ela estava olhando pra cena de minha esposa me masturbando e agora era ela que estava acariciando a boceta, passando os dedos por dentro do baby doll e por cima de sua calcinha, falei pra minha esposa se ela não queria fazer igual ao filme, pra Patrícia ver, ela me olhou com um sorriso safado e deitou de lado, virada pra patrícia e começou a chupar meu pau bem devagar, ela tirou o shortinho e enfiou a mão dentro da calcinha, e enquanto me chupava ficava esfregando os dedos na boceta, Patrícia estava enlouquecendo de tesão com aquela cena e começou a enfiar um dedo dentro da boceta enquanto nos assistia, qnd vi que iria gozar com aquela cena afastei a cabeça de minha esposa e falei pra ela que Patrícia também queria que ela fisesse igual ao filme, minha esposa chegou perto de Patrícia e lhe deu um beijo na boca, enquanto a beijava ela tirou o baby doll de Patrícia, deixando ela só de calcinha branca de rendinha, minha esposa então deitou patrícia no sofá e começou a lamber sua boceta por cima da calcinha, depois puxou a calcinha de lado e meteu a língua em seu clitóris, Patrícia começou a gemer cada vez mais forte e a apertar a cara de minha esposa contra sua boceta e em instantes acabou gozando e ficou acariciando os cabelos de minha esposa entre suas pernas, minha esposa então virou pra mim e disse, vem aqui brincar também amor, é sua vez de fazer ela gozar, minha esposa deitou do lado de Patrícia e eu fui pro meio de suas pernas, eu tirei sua calcinha e fiquei louco com aquela visão, Patrícia tinha um bocetinha rosada bem inchada e carnuda, com pelinhos pequenos e claros, eu comecei a chupar a boceta dela na hora e era bem cheirosa, com um gosto delicioso, minha esposa então mandou patrícia ficar de lado e disse que queria ver eu comendo aquela boceta de ladinho, pra ela ver meu pau entrar por trás de Patrícia, eu deitei de lado e com a mão ajeitei meu pau em sua boceta, e fui enfiando bem devagar pra minha esposa ver, enquanto isso minha esposa se masturbava e chupava os peitos macios de Patrícia, hora ela chupava um, hora o outro, hora ela enfiava a língua na boca de Patrícia, que começou a apertar um seio com força e depois abriu bem a perna e pediu pra eu ir mais rápido, minha esposa pegou a mão de patrícia e pôs em sua boceta, mandando ela a masturba-se, eu aumentei o ritmo das estocadas e não consegui me segurar, gozei dentro de sua boceta e sobre seu ventre, ela ficou se contorcendo de depois foi se acalmando, minha esposa então falou pra eu ir pro lado e entrou entre as pernas de patrícia e começou a chupar sua boceta novamente, limpando toda a porra que eu havia jogado ali…quando Patrícia estava limpinha novamente minha esposa disse que tinha uma surpresa e saiu do sofá, eu e Patrícia ficamos nos beijando e acariciando um ao outro, e minha esposa voltou com uma cinta que ela comprou pra usar em mim, ela virou pra Patrícia e disse que agora era a vez dela se o macho evoltou novamente pro sofá, mina esposa pediu pra que eu sentasse onde o sofá faz o L e abrisse bem as pernas, depois pediu que Patrícia ficasse de 4 entre minha pernas e começasse a me chupar, então, enquanto Patrícia tentava fazer meu pau crescer novamente em sua boca, minha esposa empinou bem a Bunda de Patrícia pra cima e começou e esfregar o penis de borracha em sua boceta, Patrícia começou a rebolar e a sugar meu pau com mais vontade e minha esposa foi enfiando o consolo cada vez mais fundo, até o final, depois começou a socar bem devagar e a dar tapinhas em sua bunda branca, meu pau já estava novamente duro como pedra e patrícia chupava e me olhava com cara de puta por trás de seus óculos, enquanto minha mulher socava cada vez mais forte em sua boceta, ela já não conseguia mais me chupar de tanto tesão que estava sentindo, então comecei a esfregar o pau em sua cara e a me masturbar, Patrícia começou a gritar pra minha esposa ir mais rápido e aquilo fez com que eu não me segurasse novamente e quando vi que ia gozar, peguei o pau e enfiei Na boca de Patrícia, ela sentiu o sêmen em sua boca e deixou que escorresse pelo meu pau, me olhando com cara de puta enquanto minha esposa continuava bombando cada vez mais rápido em sua boceta e chamando ela de sua putinha, até que Patrícia empinou bem a bunda e depois arriou no sofá exausta.