Sexo Amador Casada Bastante Gostosinha Mamando Para Amigos E Corno Filmando De Recife – Pe

visualizações

20 min

Categoria:

Tag:

visualizações

20 min

Categoria:

Tag:

Sexo Amador Casada Bastante Gostosinha Mamando Para Amigos E Corno Filmando De Recife – Pe

Sexo Amador Casada Bastante Gostosinha Mamando Para Amigos E Corno Filmando De Recife – Pe

Mas não ficaram só olhando, trataram de pegar e Rejane já foi colocando na boca, chupou bastante, depois deixou que Meg também o chupasse e foi tirando a roupa enquanto ela se satisfazia.

Bem, como eu contei no último relato, restam ainda duas vagas para preencher meus dias de puta casada. Tudo aconteceu quando eu estava cuidando da casa do meu chefe, sempre que ele viajava nas férias eu cuidava da sua casa para tratar dos cães, no começo eu sempre ia sozinho, até no começo nunca pensei em nada relacionado a zoofilia, até um dia tudo mudou! Sem querer e movido pela curiosidade cliquei em um vídeo de zoo na net e fiquei vendo o cão lamber a buceta da mulher, fiquei maluco de tesão ao ver ela gozando na cara do cachorro, eu tinha que dar um jeito de um dia aquilo acontecer em minha vida, minha namorada na época se chamava Flavia, corpinho legal, seios fartos e uma buceta deliciosa, com o tempo comecei a falar do assunto com ela que no inicio achou nojento, o tempo passou e nos meses seguintes quando meu chefe viajou eu levei ela pra ir tomar conta da casa e dos animais comigo, foi lá que ela teve o primeiro contato com um labrador chamado “Ringo” lindo, branquinho, comecei a provocar ela na sala em que o cachorro estava deitado, deixando ela meladinha fiquei provocando muito, chupando, tive uma ideia! coloquei uma venda nela e e eu mesmo comecei a mamar no seu seio, depois chamei o Ringo que começou a sentir o cheiro dela até que foi lambendo muito a bucetinha dela sem parar, eu mamando no seio e o ringo na buceta, depois ela me chupando e o cão chupando ela, estava louco pra ver ele fodendo ela mas nao deu pq era um cão grande. fui e dei um bjinho no incio daquela perereca , que ja dava pra perceber que estava molhada , ela devia estar tremendo por dentro com aquilo"Uma senhorabonitinha por volta de uns 35-40 porém com as belas pernas bem carnudas e magrinha até de barriga ::Quando estava na fila fui praticamente correndo nem reparei nas mulheres que estavam na fila, mas não adianta avistei uma morena logo quando o trolebus veio ao terminal e sim o milagre etranho aconteceu de novo o trolebus veio com pessoas de são mateus, me acomodei do lado dessa senhora gostosinha, comecei a massagem e passar o dedo em sua perna carnuda, a única pena é que ela estava de calça jeans e não curto muito essas calças pq perco um pouco da sensação e do tesão, mas em contrapartida essa senhora após pegar o celular e dizendo que tinha passado mal “e repetia isso vrias vezes no celular, enquanto a massageava” era aquele mal com tesão sabem. ” E assim voltei embora da cidade, cheguei na fazenda fui na casa principal espreito na sala e vejo uma tremenda cena de putaria que me deixou chocado, minha mãiiinha nua apenas com uma cinta de ligas e meias brancas de joelhos com aqueles cinco gringos nús na frente dela dando pau pra ela chupar, e Gelson num dos lados filmando tudo.

E comecei a bater e veio o êxtase de uma gozada e a levo ao banho e assim como ela evita a palavra corno, eu queria ser chamado de corno e não restavam duvida eu era corno, pois se minha própria mulher diz… Sai manso… E como um corno volto pra vê e quero bate uma e quando entro em casa a vejo com a boceta melecada de porra, a rosquinha arrombada e ainda diz pra mim… Quer um cuzinho?E eu estava quase não resistindo à tentação de pedi-lhe pra ela me chama de corno e foi quando ela disse mansamente em meus ouvidos corno tá gostando? Eu sei muito bem que tu tava olhando e tua esposa deu o cuzinho dela que estar saindo esperma e não duvide foi naquele sofá que saímos juntos pra comprar e fiz tudo pra você chegar a casa e encontrar o cuzinho da sua amada desse jeito e agora é tua vez, e esse pedido me fez deliciar-me por completo e quem já comeu o cuzinho da esposa arrombado outro sabe que quando a gente mete não tem prega pra arrombar e foi a melhor gozada que dei e eu que nem sentia meu pau entrando e ela perguntou… Eu fiz certo? , mas não precisa responder em palavras se gostou vira de costas pra mim.

No sabado, acordamos por volta das 09:00hs, aprontei-me para ir ao café e praia, Marcela ficou no apto se arrumando, enquanto esperava fora do apto, quando saiu veio de fio dental e uma entrada de banho, perguntou que tal?, disse que tava linda e gostosa, tomamos café, o hotel tava lotado, no café reparei mesmo que tinha um grupo grande de jovens, e ficaram olhando pra ela, saimos pra praia, fomos para uma barraca, o garçom nos serviu caipirinha e petiscos de peixe, ficamos bem a vontade, Marcela vez por outra ia a praia tomar banho, quando voltava via que até o garçom olhava, até comentei e ela ria, voltamos por volta das 14 horas pro hotel, ficamos na piscina, numa tenda e ela numa cadeira bronzeando a bunda, tinha uma rapaz que estava vizinho a nós e o se apresentou dizendo que estava com um grupo de Recife, na conversa disse que veio com os amigos passear, que estava sozinho e os demais com as namoradas, pois tinha saido de um relacionamento a pouco tempo e queria no momento ficar só sem compromisso, senti que ele tava jogando charme pra cima da Marcela, me deu ciumes e tesão ao mesmo tempo, bom já estavamos um pouco tontos com tanta caipirinha, Marcela foi pra piscina ficamos conversando, então fui no apartamento buscar o celular, quando voltei, os dois estavam na piscina bem perto um do outro conversando e rindo, quando cheguei a Marcela saiu da piscina e o rapaz ficou lá, pouco depois saiu também, notei um volume no seu short, mais nada comentei e Marcela só ria, então, como já era tarde quase 18 horas, nos despedimos, o cara já descarado apertou minha mão e deu um beijinho no rosto da Marcela, saimos também, perguntei o que houve pois tinha visto os olhares e vi o volume no short dele, ela disse amor não foi nada demais, ela olhou pra mim e viu que eu também tava de pau duro, riu e disse no apto te conto, chegando lá ela disse que quando sai ele foi pra piscina e ficou cantando ela, que encostou o pau nela, dizendo que era gostosa, ela disse que eu poderia vim e não fez nenhuma reação, disse amor ele ta tarado em mim, não fizemos nada, foi logo pegando no meu pau, ela então disse não faço nada pra te magoar, então tive coragem e disse não amor, estou gostando disso, então tomamos banho, Marcela disse podemos fazer algo diferente que nunca fizemos eu disse você que comanda então ela disse não vai ficar com raiva nem ciumes, eu disse não amor, então tomei banho e me deitei pra descansar, ela ficou um tempão no banheiro, voltou colocou uma calcinha branca de renda, uma saia preta justa e bem curta, uma blusa branca sem sutiã, mostrando os peitões, saimos para o deck pra tomar um vinho, quando o rapaz chega com o grupo, ficaram conversando, veio nos cumprimentar,disse vocês vão sair, ele disse sim, perguntei não quer ficar conosco, a Marcela só olhando, então ele disse legal vou avisar o pessoal, voltou sentou-se conosco no inicio só papo banal, pois o clima tava meio tenso, quando perguntei ja ficou com casal, ele disse nunca, perguntei tem camisinha ele disse sim, eu disse vou pro apto espero vocês la, depois de uns 15 minutos chegaram já abraçados, Marcela já bem a vontade sem batom, ficaram num amasso e eu sentando numa poltrona, quando Marcela tira o pau dele pra fora, vi que era duro mesmo, e medio, começou a chupar, depois foi tirando a roupa, ficou só de calcinha deu a buceta pra ele pegar, depois deitou-se e ele passou a chupar sua buceta, ele colocou a camisinha e meteu, como ela esta com muito tesão começou logo a gemer dizendo que tava gozando, virou-se e ele passou a come-la de 4, ela gozou umas 3 vezes pra depois ele gozar, depois disso ela pediu pra ele ir embora, ele atendeu e ficamos, fui pra perto dela, institivamente ela colocou minha mao na sua buceta que pingava com seu gozo pedindo pra mim meter meti e gozamos juntos, foi maravilhoso minha vez como corno assumido. "Cada fim de semana um grupo de amigos nos acompanha. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.