Vazou No Web Amadora Super Boqueteira Fodendo Com Namorado De Minas Gerais

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Vazou No Web Amadora Super Boqueteira Fodendo Com Namorado De Minas Gerais

Vazou No Web Amadora Super Boqueteira Fodendo Com Namorado De Minas Gerais

Quando chegou a noitinha ela me disse -Kell eu vou sair e quero que vc vai comigo pra gente converssar mais de nossas vidas ta, nos iremos num barzinho com musica ao vivo que tem aqui perto e eu disse tudo bem e que tava mesmo precisando distrair um pouco, Tomei um banho e coloquei um vestidinho curto e justo que realcava meus seios e bumbum ainda mais e ela vestiu uma calca branca tambem super justa que eu quase fiquei maluca quando vi aquele monumento na minha frente mais contive meu impto e disfarcei.

Deitou na cama, levantando somente a bunda. A Patrícia voltou para a área da hidro após pedir mais bebidas, e encontrou o casal de namorados trepando. Era uma excelente boqueteira, a Laura. Casei a gente foi morar em uma cidade grande em Minas Gerais, eu me formei e hoje trabalho na minha área e ele também se formou e trabalha durante a noite.

 A sensação das suas bolas batendo na minha bunda, ele me puxando pela cintura e enfiando com força o pau no meu rabo foi me deixando cada vez mais louca e fazendo eu rebolar cada vez mais empurrando meu traseiro contra aquela pica gostosa até que eu gozei pelo cu… gritando e gemendo e pedindo pra ele continuar me fodendo… Depois, sentindo que eu estava relaxada, começou a me comer mais com força, socando aquele pau duro no meu rabo todo melado de gel e tesão, segurava forte na minha anca, de vez em quando dava uns tapas na minha bunda e fodia… fodia e fodia.

Mas nossos comedores começaram a preparar nossos rabinhos. Às vezes detestava isso, mas tinha que ir. Decidimos sair e nos secamos, fomos para um sofazinho e la eu faco um boquete pra ele:– Vaaaaaaai Nath, engole tudo, com essa boquinha deliciosa, vai cachorra engole tudo quero ver!!!!Nisso, a gente vai para uma posicao 69 e ficamos os dois gemendo igual loucos.

Quando a reencontrei numa viagem a Minas, ela estava com as filhas, mas quando me olhou vi que nunca me esqueceu.