Vídeo Amador Esposinha Bastante Gostosinha Dando Deliciosamente Com Vizinho Vazou No Whatsapp Video Caseiro

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Vídeo Amador Esposinha Bastante Gostosinha Dando Deliciosamente Com Vizinho Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Vídeo Amador Esposinha Bastante Gostosinha Dando Deliciosamente Com Vizinho Vazou No Whatsapp Video Caseiro

"Faltava apenas três semanas para o fim das aulas e tinha algumas provas chegando! Tínhamos que fazer esse trabalho o mais rápido possível para que pudéssemos começar a estudar para as últimas provas e também para os vestibulares! Uma vez que não tinha mais nada a fazer a respeito do trabalho, eu me levantei e estava puxando minha cadeira para longe deleEssa caseiro se chama Pedro, aparentemente já com seus mais de 40 anos, morava proximo a principal casa da fazenda com sua esposa e seu filho adolescente.

De instante em instante passava-me pela mente, como num filme, a imagem da minha doce esposa sendo beijada e acariciada por outro homem, dando e recebendo prazer, gemendo enquanto era penetrada por outra pica.

Beijei sua barriga, e quando cheguei em sua bucetinha comecei a colocar um dedo e ir estimulando seu ponto G, chupei um pouco sugando seu clitóris e bebendo o nectar que sua bucetinha branquinha e sem pelos me proporcionava, quão gostoso e delicioso é!!!!! Ela se contorcia e gemia muito gostoso, mas reclamava dos prendedores,porém não dei ouvidos a seus gemidos dolorosos, queria lhe dar prazer contra sua vontade , coloquei mais dois dedos totalizando três, e continuava a masturba- la ,ela gemia e falava q não conseguiria gozar com os prendedores,eu sorri sádico, e então eu disse: – Vamos ver entao se você nao consegue,sua safada!!Continuei masturbando, e foi quando ela começou a gozar, ela se contorcia toda na cama, como se estivesse possuída, suas pernas tremiam de prazer, e quem disse q parei, a torturei com seu próprio prazer, pois ela fica sensivel após gozar, foi ai que continuei masturbando e ela gozando loucamente e deliciosamente, no ápice limite parei, e a deixei toda relaxada,quase sem forças rsrsrs. De uns 4 anos pra cá, ela já com seus 25 aninhos, comecei a perceber que ela tinha umas “brincadeirinhas” gostosinhas comigo, tipo: me dando leves beliscões, abraços mais apertados que o suficiente ao se encontrar comigo, fazendo com que eu sentisse os seios volumosos esfregando em meu peito, até que um dia estávamos num churrasco de familia, ela passou por tras de mim e me deu uma tapinha na bunda, onde eu mais que depressa lhe disse: ” isso me dá o direito de também bater na sua” e a safadinha respondeu: “voce não faz porque não quer…” Ahhh, pensei comgigo,voce num deveria ter falado isso… pois a partir desse dia comecei a alimentar essas brincadeirinhas sem deixar que ninguem da familia percebesse o que rolava entre agente. Gil tinha pedido a sua bela esposinha que distraísse Ruddi enquanto ele iria vasculhar sua pasta em busca de informações e orçamentos para passar ao concorrente da Shell!!Assim, já no jantar Gil tentou embebedar Ruddi com duas garrafas de vinho. No entanto, na surdina sempre adorei pornografia, vivia me masturbando com revistas e até hoje curto um vídeozinho pornô na internet. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Filho do vizinho: – Gostaria de pedir uma coisa, que é meio estranha, mas depois de tudo que rolou naquele dia e imaginando que você possa tomar.

Tudo aconteceu quando eu estava cuidando da casa do meu chefe, sempre que ele viajava nas férias eu cuidava da sua casa para tratar dos cães, no começo eu sempre ia sozinho, até no começo nunca pensei em nada relacionado a zoofilia, até um dia tudo mudou! Sem querer e movido pela curiosidade cliquei em um vídeo de zoo na net e fiquei vendo o cão lamber a buceta da mulher, fiquei maluco de tesão ao ver ela gozando na cara do cachorro, eu tinha que dar um jeito de um dia aquilo acontecer em minha vida, minha namorada na época se chamava Flavia, corpinho legal, seios fartos e uma buceta deliciosa, com o tempo comecei a falar do assunto com ela que no inicio achou nojento, o tempo passou e nos meses seguintes quando meu chefe viajou eu levei ela pra ir tomar conta da casa e dos animais comigo, foi lá que ela teve o primeiro contato com um labrador chamado “Ringo” lindo, branquinho, comecei a provocar ela na sala em que o cachorro estava deitado, deixando ela meladinha fiquei provocando muito, chupando, tive uma ideia! coloquei uma venda nela e e eu mesmo comecei a mamar no seu seio, depois chamei o Ringo que começou a sentir o cheiro dela até que foi lambendo muito a bucetinha dela sem parar, eu mamando no seio e o ringo na buceta, depois ela me chupando e o cão chupando ela, estava louco pra ver ele fodendo ela mas nao deu pq era um cão grande. O combinado é que ficaríamos num gostoso amasso, e quando ela estivesse bastante excitada, desceria ao piso inferior, já com o telefone celular dela, ligado ao meu e lá faria tudo que desse vontade. Quando cheguei na faculdade, a primeira coisa que fiz, foi ir ao banheiro, daí que vi que minha buceta estava encharcada, fiz xixi, sequei, mas dei uma passadinha no meu grelinho, o que aumentou mais ainda minha vontade, falei pro meu marido, por WhatsApp, que estava lendo um conto e que estava adorando, que quando chegasse em casa falaria pra ele.