Vídeo caseiro nota 10 novinha tesudas tocando siririca enquanto seu marido corno grava – rn

82 visualizações

1 min 3 seg

Categoria:

Tag: ,

82 visualizações

1 min 3 seg

Categoria:

Tag: ,

Vídeo caseiro nota 10 novinha tesudas tocando siririca enquanto seu marido corno grava – rn

Vídeo caseiro nota 10 novinha tesudas tocando siririca enquanto seu marido corno grava – rn

ola sou joao carlos tenho 42 anos casado ha 20 anos com uma mulher conservadora nunca tivemos lua de mel entam com os filhos criados resolvemos sair de viagem para uma chacara no interior de sao paulo saimos na sexta feira a noite e chegamos de manha cansados o caseiro e sua esposa nos receberam bem eram um casal de mais ou menos 50 anos a esposa era mais nova uns 40 anos logo ela se enturmou com a minha mulher eu e o sr antonio o caseiro nao somos de muita conversa tambem ficamos bem eu sai com minha esposa a cavalo pelo mato fomos ate uma cachoeira comecei a beijar ela logo estava transando eu sempre tive tesao por ela mais aquele lugar me deixou com mais esquecemos do tempo e veio o sr antonio ver oque aconteceu quase vio a gente sem roupa fomos para a casa dormimos um pouco a noite resolvemos sar e ir ate a casa do caseiro ja que nao tinha ninquem conhecido por perto ao chegar la eles estavam transando com a porta aberta o sr antonio estava comendo o cuzinho da esposa ficamos olhando um pouco e voltamos pra casa minha mulher es tava molhadinha e eu de pau duro comi ela na varanda tentei comer o cu dela mais nao deixou disse que tinha medo de doer nao insisti e dormimos de manha a esposa do caseiro veio buscar minha esposa para nadar no lago eu fiquei descansando depois fui tambem escutei uns gritos e me abaixei e vi minha mulher de quatro e seu antonio comendo ela a esposa dele armou tudo nao tive reacao fiquei olhando de pau duro o cara tem um pau duas vezes maior que o meu ela nunca gritou e gemeu daquele jeito comigo me senti um trapo fiz de conta que nem vi quando voltaram eu disse que iriamos embora no outro dia pois tinha negocios pra resolver ela concordou a noite tentei comer ela mais ela nao quiz sai pra fora e camihei ate o lago sr antonio veio atraz e ficamos conversando sem deixar ele saber que eu vi tudo pois estava humilhado eu senti tesao ao lembrar da cena ele me pediu para ver meu pau estranhei mais ele disse que queria me chupar vi ali a chance de me vingar sem jeito eu neguei mais ele pegou no meu pau e abocanhou tudo dizendo meu gostoso comi sua mulher mais queria era te dar naquele escuro via so o vulto dele me chupando entao senti meu pau endurecer ele lambia eu ja nao aguentava mais nunca tinha feito isso com homem ele se virou e eu comi o cuzinho dele ele senou em cima de mim e com a mao acariciava meus graos e passaca o dedo no meu cu eu estava gostando ele tentou me comer mais nunca dei e ele era pauzudo demais depois de um tempo resolvi experimentar ele cuspiu no pau e veio empurrando quando entrou a cabeca senti tanto tesao que me abri e ele pois tudo doeu muito mais ele nao parou ate colocar tudo eu estava quase gozando ele tirou e pediu pra chupar ele me chupava e esfregava o pau duro na minha cara entao eu bati uma pra ele e gozamos depois como se nada tivesse acontecido voltei pra casa abracei mimha esposa no outro dia despedimos deles e fomos embora nois nunca haviamos trido um au outro la fizemos tudo eu sabia dela e ela nao sabe do que eu fiz ate hoje nunca esqueci a cena dela com outro e me mastuebo de lembrar a transa minha e aquele cara que alem de comer minha esposa me comeu tambem.

Oi Minhas tesudas hj trouxe uma historia ilariante que aconteceu comigo no inicio desse ano de 2015.

""Bem , trabalhava em uma empresa de tecnologia , era Gerente de Manutenção e Suporte , tinha um bela mulher ,morena uns 20 anos uma bunda arrebitada maravilhosa e muito gostosa por sinal , não era linda, mas tinha um charme que me excitava , ela era secretária da diretoria , certo dia ela me disse que queria beber comigo alguns drink´s , descobri no outro dia que ela não bebia , passaram-se 1 ano e meio , eu saí da empresa e antes de sair deixei um cartão da outra empresa comela , pois bem , uma semana depois recebi um recado da secretária que uma mulher chamada Rosana tinha me ligado e pediu para que eu retornasse a ligação , liguei no outro dia , ela atendeu e me falou que nem deu tempo de se despedir , então marquei um dia ( 2 semanas depois ) para ela conhecer a nova empresa que eu estava trabalhando , como o expediente acabava 17:30 , marquei as 18:00 , pois estava de plantão sozinho até as 22:00 , ela chegou , ao abrir a porta senti um perfume afrodizíaco estonteante , fiquei com uma vontade incrível de beijar aqueles lábios carnudos , começamos e conversar no sofá do corredor ao lado da sala da diretoria , papo vai , papo vem , começamos um beijo de língua bem quente , meu pau já estava duríssimoela , abri o zíper da calça e coloquei minha pica para fora, ela começou a acariciar a cabeça e tocando uma punheta , comecei abaixando a cabeça dela até chegar na minha pica , ela ficou dando beijinhos na cabeça da pica e acariciando as minhas bolas , começou a chupar meu pau com um vontade e tanto , estávamos sentados , ela estava de saia , levantei a saia e meti meu dedo na buceta dela afastando a calcinha que já estava toda melada , comecei uma siririca , notei que estava muito apertado , ela sussurrou no meu ouvido ” sou virgem ” eu já estava querendo meter a pica e parei com a siririca e falai para ela se ela se importava em deixar eu meter no cuzinho dela , para emu espanto ela falou que queria mesmo que eu tirasse o cabaço dela , ela sabia que eu era casado , mas enfatizou que eu é que tiraria o cabaço dela , só depois ela pensaria em me dar ou não o cuzinho virgem tb , fomos para o chão ficamos inteiramente nus e começamos um 69 maravilhoso ,gozei na boca dela 2 vezes e ela várias com minha língua na buceta e com uma siririca deliciosa que toquei nela , depois desse maratona de sexo oral , nos arrumamos e deixei ela em casa e marcamos uma foda em um Motel para que eu tirasse o cabaço … isso eu conto depois , me aguardem rsrs …"continuaO boxe era comprido o bastante para nós dois, mas não era tão largo. Foi uma dor indiscritível, como se uma faca me rasgasse a entrada, fazendo-me gritar e chorar enquanto ele entrava e saía. Certo dia de noite na casa do bernardo , após jogar muito videogame o bernardo foi dormir e eu fiquei mechendo no computador ,eram 1 e 30 da manha por ai"Percebi que ela ficou triste, e sentei perto dela pra conversar sobre o que tinha acontecido.

UMA ONDA DE CALOR FOI ME INUNDANDO E EU COMECEI A TOCAR A MINHA XANINHA OLHANDO PRO CORPO DA ANA ALI AO MEU LADO QUANTO MAIS EU OLHAVA SUA BOCA MAIS EU DESEJAVA QUE ELA ESTIVESSE CHUPANDO MEU CLITÓRIS E SÓ DE IMAGINAR EU FICAVA MAIS MOLHADA E FECHEI MEUS OLHOS E CONTINUAVA TOCANDO A MINHA XANINHA ME DELICIANDO COM AS SENSAÇÕES QUE EU SENTIA.

Antonio passou a mão no rabo da esposa e tomou um tapa, Angela parou de mamar e olhou para o marido, ficando só batendo punheta para Gabriel. "Sou um homem acima da media da maioria dos brasileiros, visitando minha vó em uma cidade do interior num dia de muito tédio, resolvi usar como distração meu celular através de aplicativo chamado imo, no qual notei que tinha uma pessoa diferente da minha usualidade, resolvi indagar para ver se conhecia, então para minha supresa era uma ex aluna de um tempos atras quando ainda era professor de ensino medio, bem que na epoca ja era super gamado nela pois alem de ser novinha tinha um corpo pelo qual sempre fui apaixonado, conversamos bastante pelo aplicativo, foi onde surgiu um boa oportunidade para comer aquela gostosa, “se um homem me deixa doida de tesão eu deixo ele fazer o que quiser comigo” quando terminei de ler isso resolvi conversar bem picante, dizendo a ela tudo que eu faria se tivesse ela por uma noite primeiro disse a ela q eu era dotado para nao ter susto, disse que começaria beijando o pescoço dela e apalpando todo o corpo dela encostaria ela na parede puxaria o cabelo dela e a comeria tão forte que ela não se lembraria que era comprometida.

Entrou no primeiro da lista e viu lá os contos de traição/corno. "Ele tentava tirar a roupa, tirar a gravata, abrir a calça, mas queria continuar me.