Vídeo Vaza Na Net Novinha Demais De Safadinha Tocando Siririca Taradão De Porto Seguro – Bahia

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Vaza Na Net Novinha Demais De Safadinha Tocando Siririca Taradão De Porto Seguro – Bahia

Vídeo Vaza Na Net Novinha Demais De Safadinha Tocando Siririca Taradão De Porto Seguro – Bahia

Minha tia apesar de coroa com 45 anos de idade deixa muita novinha no chinelo, 1,70 de altura, acho que uns 64kg que por sinal muito bem distribuídos, morena clara, cabelos negros e lisos até os ombros, um belo par de seios e uma bundinha bem empinadinha. "Qual vai ser a sua Caio?-Eu já sei oque fazer…E quanto a você Didi? Vai fazer oque?Eu preferi abrir mão de qualquer coisa, então disse:-Já me contento com qualquer coisa que Caio fizer…-Está com peninha Didi? Depois de tudo que aconteceu? Vai deixar barato?"No conto anterior,relatei a transa que tive com uma garota de programa que conheci em um puteiro e agora venho contar a delícia de foda que tivemos entre eu, Leona e meu amigo Lucas,ele tem 27 anos,é branco,tem 1,80 cm +-,corpo médio forte,cabelos pretos e é taradão por mulher assim como eu. Essa foi a história, meu genro me comeu e eu não me arrependo daquele dia, foi apenas uma noite, nada demais, minha filha nem desconfia.

No entanto, na surdina sempre adorei pornografia, vivia me masturbando com revistas e até hoje curto um vídeozinho pornô na internet.

Um dia estava aqui louca de tesao e resolvi mandar algumas fotos da minha bucetinha pra ele enquanto batia uma siririca gostosa. Ela continuou tocando, afinal a mãe poderia estranhar não ouvir nada mal saísse de casa…Passados alguns minutos, ela parou de tocar, virou o corpo para ele. Ela se posicionou no sofá de quatro, olhou para nós e pediu para Claudia me ajudar a encontrar o caminho (que putinha), Claudia para de mamar e segurou o meu pau e foi me puxando, paramos atrás de Marcelinha, Claudia deu mais uma chupada, só que desse vez ela sugou, deixando meu pau com menos saliva possível , parou e foi colocando a cabeça do meu pau no cuzinho de Marcelinha, dizendo que ela gostava a seco e pediu para eu socar sem dó, para colocar tudo de uma vez na vadia dela, caralho fiquei loko e principalmente quando Marcelinha pediu para:M – Come meu cu sem dó, puxa a minha calcinha até a rebentar ela.

Entrei, ela sorriu e me perguntou:– Encenei direitinho? Te convenci que o meu chuveiro estava estragado?– Mas você é muito safadinha… me enganou direitinho, já ia procurar o telefone do bombeiro para vir arrumá-lo.

E apareceu a oportunidade de um final de semana prolongado e cada um inventou a mentira que quis em casa para as esposas e lá fomos nós pra Bahia nos encontrar com Djalma,nosso iniciador.

Minha noiva já tinha bebido umas e outras nem se importou com aquilo.